Flagra de Dilma usando biquíni levanta a questão da invasão de privacidade

Dilma-praia

     O fotógrafo Danilo Verpa, da agência Folha Press, fez uma foto de Dilma Rousseff de biquíni, durante banho de mar na praia de Viração, em Salvador. A imagem foi imediatamente reproduzida por vários sites e blogs. A razão do amplo interesse pela foto se revela óbvia. Afinal, não é todo dia que a presidente do país é flagrada num momento tão íntimo. Será que o fotógrafo errou ao invadir a privacidade da mulher mais poderosa do país? Ou o flagra pode ser justificado por se tratar de uma figura pública? Muitos poderão argumentar: a presidente não deveria ser exposta dessa maneira. Outros dirão: é apenas o registro fotográfico de uma mulher se refrescando durante as férias. O fato de Dilma ter 66 anos e exibir uma silhueta rechonchuda aumenta a polêmica. Porém podemos flagrar situação idêntica em qualquer praia brasileira, frequentada por anônimas ou famosas. A diferença é que a presidente, sempre vista em terninhos comportados, surpreende ao mostrar que é uma mulher comum, que usa biquíni e não tem vergonha de mostrar os quilos extras. De um lado, a foto humaniza a figura quase intocável da presidente introspectiva e de humor instável. Do outro, trata a chefe do Executivo brasileiro como uma celebridade qualquer, que não é dona da própria intimidade.

About these ads

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s